mídias virgens & condessa buffet

nuvenzinha, somatório de vigores, sementério de notícias, melancoriza e dengo

APROVEITANDO OS PINGOS

leave a comment »

no telhado e o outro lado da janela todo cinza, esse complô que não deixa ninguém sair de casa – nessas horas penso o que seria da humanidade sem os serviços delivery – um vídeo que o Risos fez pruma proposta da Mostra Sesc SP de Artes 2008.

Nem só de elevadores vivem os comentários que fazemos a respeito da meteorologia. É pauta irresistível desde a Bíblia. E eu sei praonde eles vão assim que o tempo mudar: eles vão voltar.

Queria saber que tipo de fascínio ou falta de assunto nos leva a falar sobre a temperatura e o tempo. Talvez seja a essência contemplativa lusitana, talvez a vontade de falar sobre o que todo mundo entende.

O tempo, como bem me lembraram agora, é estático: “o jeito é se mover porque o espaço é móvel, ou seja,  somos nós que passamos.”

De qualquer forma, a saída pros dois é cuidar pra que a preguiça – essa dádiva – não vire um estado de coma.

Written by bb

July 11, 2009 at 8:29 pm

Posted in cronicidade

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: