mídias virgens & condessa buffet

nuvenzinha, somatório de vigores, sementério de notícias, melancoriza e dengo

Arquitetura ou toque

with one comment

Surpresas não combinam com naftalina. Mesmo que a surpresa seja só um momento, mesmo que todo momento possa ser guardado. E se for assim, surpresas combinam com passado e nada combina com naftalina. Naftalina fede. Nada combina com o que fede. O fedor, além de ser uma palavra horrível, não combina nem com lixo. Lixo pode ser reaproveitado.

Não sei. Gosto é disso, falar do que não sei. Você sabe o que combina com janelas? Janelas não combinam com cortinas nem persianas. Alguns acham que janelas combinam com flores, mas flores enquadradas não dizem nada. Viram natureza morta, e natureza morta é feio pra caralho.

Janelas combinam com pessoas. Essas que esperam por nós debruçadas nas músicas, mas que não encontramos nunca. Imagina se pendurasse no lugar de cada fruta caída de uma árvore uma janela. Não combinaria também. Mas ficaria bonito pra quem passa e vê, e gosta mesmo sem entender.

A gente gosta de tanta coisa sem entender. E é por isso que gosto. De janelas. Acho que janela combina com porta quando não temos a chave, ou com o ponto final que colocamos nos versos quando não temos mais nada a dizer. Por isso deixo em cada verso aberta eternamente uma janela. Até o que não vive precisa respirar.

Written by bb

March 18, 2008 at 1:34 am

One Response

Subscribe to comments with RSS.

  1. Eu gosto.

    nímia

    March 18, 2008 at 5:00 am


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: