mídias virgens & condessa buffet

nuvenzinha, somatório de vigores, sementério de notícias, melancoriza e dengo

Acredite

with 16 comments

Estamos vivendo tempos INCRÍVEIS.

E incrível fico eu toda vez que escuto a palavra “incrível”.

Não sei se é um fenômeno Brasil inteiro, Çampaulo, Rio, ou alguma coisa que só ouço pelos arredores do meu quintal. Não sei, mas é uma moda chata. Como foi a do “Tipo assim” que virou só o “Tipo”, e que serve de moleta em várias partes das frases que eu ouço todos os dias.

Mas faz um tempo que o incrível não sai das bocas. “Como foi o show? – Ai, foi incrível; E aí, gostou do livro? – Cara, o livro é incrível!; E a Mallu Magalhães, você conhece? – Claro, a Mallu é incrível!; E a sua viagem, e a aquele livro? – INCRÍVEL, INCRÍVEL, INCRÍVEL!”.

AHHHH. Não é possível que tudo seja EXTRAORDINÁRIO. E da singularidade das coisas, quem vai falar direito?

Written by bb

February 12, 2008 at 5:00 pm

Posted in cronicidade

16 Responses

Subscribe to comments with RSS.

  1. Tive um namorado que só falava Incrível. Aquilo me irritava muito.
    Terminei com ele por causa disso! ;-)
    Não é incrível?

    incrível hulk.

    February 12, 2008 at 6:55 pm

  2. na colônia, nada ainda.

    aqui era legal quando se ficava repetindo o “excelente” do Frank Jorge. esss-celentch.

    tiagón

    February 12, 2008 at 7:01 pm

  3. Cara Bruna,
    Existem estereótopos da esfera pessoal e daquela colectiva. O meu antigo amigo João de Lisboa cada vez que eu digo “pazzesco!” ele ri. Eu sou italiano e ele é português. Eu perçebi bem que este é um meu tic engraçado (ou ridiculo?) mas, não é nada de mal porqué todo esta sob controlo. Pelo contrario é mais serio o que acontece no colectivo. Eu penso, por exemplo, à expressão italiana “particolare”. O deputado da repubblica diz que o meomento historico da sociedade é particolare, a menina da loja diz que aqueles sapatos são “particolari”, o Professor diz que aquela tese ou estudo é particolare… etc. etc. etc.
    Tchau Bruna.
    Maurizio

    maurizio

    February 12, 2008 at 7:35 pm

  4. pior os americanos, que respondem FABULOSO prá tudo. te juro que imagino a pessoa vestida de raposa me dando lição de moral. tô fabulosa!

    Bia Bonduki

    February 12, 2008 at 8:23 pm

  5. hahahaha!
    vivemos tempos de homogeinização das coisas…logo tudo torna-se incrível…Tudo tudo tudo!
    Ah…mas eu ainda prefiro as singularidades…busco as verdades tênues…
    Gostei daqui!
    beijo!

    Ane*

    February 12, 2008 at 9:52 pm

  6. Maurizio, não entendi nada!

    bb

    February 12, 2008 at 10:39 pm

  7. fico com o “super-bacana” de caetano como expressão maior.

    brunobarrett

    February 13, 2008 at 1:11 am

  8. ps:george orwell já dizia lá pelos anos 1948 que passou pra 1984 na literatura que a revolução será bem sucedida quando a linguagem for “destruída” ou sofrer qualquer tipo de mutação – tinha até um Ministério que cuidava só disso, dessa coisa da língua ou da redução dela. e é isso. qual é a tônica mesmo?

    brunobarrett

    February 13, 2008 at 1:15 am

  9. Bruna,
    Agora vou viajar. Depois de amanhã, tentarei esclarecer. Desculpe para esta minha linguagem barbara…
    Tchau.
    Maurizio

    Maurizio

    February 13, 2008 at 5:44 am

  10. ah, eu gosto de incrível.
    também gosto de bacana, de genial, de tipo, gosto de tudo isso.
    me dá mais umas palavras pra eu gostar??

    wakabara

    February 13, 2008 at 1:13 pm

  11. nossa, que incrível esse post!
    =p

    dani

    February 13, 2008 at 5:00 pm

  12. Pazzesco! Ou “incrível!”, pode ser?
    Pensei e pensei, mas não sei o que dizer mais para explicar-me melhor. Por isso, Bruna, envio-te um desenhinho que esta aqui:

    http://viewmorepics.myspace.com/index.cfm?fuseaction=viewImage&friendID=317804729&albumID=362209&imageID=2860682

    Tchau
    Maurizio

    maurizio

    February 14, 2008 at 11:21 am

  13. gosto mais do “formidável”.

    carulina

    February 18, 2008 at 1:19 pm

  14. […] a comment » Depois da banalização do INCRÍVEL, o banalizado da vez é o NA […]

  15. Acho que essa banalização talvez possa substituir um pensamento mais ‘claro’ ou ‘aguçado’sobre um determinado assunto. Às vezes, as pessoas não sabem o quê comentar ou como fazê-lo, então resumem seu ponto de vista em uma só palavra ‘incrível’… Pode ser impressão minha…Não sei se alguém já percebeu, mas também ocorre algo semelhante a isso com ‘interessante!’ ou ‘ah! acho muito interessante’…

    aemim

    February 11, 2010 at 10:22 pm

  16. As palavras já não são mais frescas hoje!

    Tenho ouvido mais “Genial!” aqui em Minas…mas o incrível também é crível por aqui!

    Luiz Fernando Priamo

    February 13, 2010 at 6:26 pm


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: