mídias virgens & condessa buffet

nuvenzinha, somatório de vigores, sementério de notícias, melancoriza e dengo

Dorsal

with 12 comments

Antes de morrer deixa pra mim os seus cadernos. Quero saber como se sentiu em cada folha. Quero ver como se acostumou no mês seguinte. Aposto que ainda gosta de azul e se arrepia com gosto de limão. Lágrimas, muitas lágrimas de cebola. O sorriso apertado nos olhos, a vergonha ao dizer “Falei de você ontem” pros seus amigos na saída do teatro. E depois e depois e depois. O caminho que fez pra fugir. De mim pros seus cadernos. O caminho que fiz pra fugir. De você pros meus cadernos: toda paixão, uma receita de brigadeiro de panela, o discurso sobre a importância do filtro solar num lugar que não tem praia. Te perdi no trajeto, papel de bala, não sei onde guardei aquele cd-r. Antes de morrer vou deixar separada pra você essa folha.

::

Dorsal

antes de morrer deixa pra mim os seus cadernos
quero saber como se sentiu em cada folha
e ver como se acostumou no mês seguinte

aposto que ainda gosta de azul e se arrepia
com gosto de limão, lágrimas, lágrimas
muitas lágrimas de cebola

o sorriso apertado nos olhos, a vergonha
ao dizer “falei de você ontem”
pros seus amigos na saída do teatro

e depois o caminho que fez pra fugir de mim
pros seus cadernos, o caminho que fiz
pra fugir de você nos meus cadernos

toda paixão, uma receita de brigadeiro de panela,
um discurso sobre a importância do filtro solar
numa cidade que não tem praia

te perdi no trajeto, papel de bala, não sei onde guardei
aquele cd-r. Mas antes de morrer vou deixar
separada pra você esta folha.

Written by bb

January 16, 2008 at 8:56 pm

12 Responses

Subscribe to comments with RSS.

  1. Lindo este Bruna.
    O mais delicado dentre os seus que eu já li.
    Parabéns.

    nímia

    January 17, 2008 at 12:47 am

  2. Soy o próprio amendolado!

    Giba

    January 17, 2008 at 1:21 pm

  3. Bonitaço.

    renato mazzini

    January 17, 2008 at 1:26 pm

  4. Prefiro o formato linear sem solavancos cheio de cinestesia e progressão… prefiro.

    nímia

    January 17, 2008 at 5:23 pm

  5. Olá Bruna,

    escrevo microcontos com no máximo 129 caracteres. O limite para o espaço de “recado” no msn.

    Antes mostrava apenas aos amigos e “adicionados desconhecidos” no msn. Há três dias, em um arroubo de coragem, fiz um blog que ainda não sei mexer.

    Aguardo uma visita com o café na mesa. Espero qualquer juízo de valor.

    Até logo,

    Vicente

    http://www.bufalonoturno.blogspot.com

    Vicente

    January 17, 2008 at 7:24 pm

  6. axial

    Miriam

    January 18, 2008 at 2:13 am

  7. uau!
    mandou bem pacas.
    Beijos

    maçatu

    January 18, 2008 at 7:32 pm

  8. Tão bonito! Tão bem escrito q dá pra imaginar todas as situações. Nossa, emocionante.

    mariana do céu

    January 19, 2008 at 6:03 pm

  9. também gostei muito muito!

    ana guadalupe

    January 20, 2008 at 7:38 pm

  10. Emocionante é esse. E bonito. Beijo.

    Rodrigo

    January 21, 2008 at 12:47 am

  11. meu deus, que coisa linda. acho que tem que entrar no teu futuro livro. mas entrar assim, com as duas versões, em prosa e poema, que a força do texto aumenta muito com isso.

    pedro mandagará

    January 21, 2008 at 1:20 pm

  12. Valeu, galera!
    :*

    bb

    January 22, 2008 at 4:04 pm


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: